Skip directly to content

Jornalismo

Jornalista Richard Lima morre aos 25 anos em Campo Grande

on qui, 16/04/2020 - 08:21

O jornalista Richard Lima, 25 anos, morreu às 20h desta quarta-feira (15), no Proncor de Campo Grande. Richard era repórter da TVE Cultura MS e há um ano atuava na equipe do Giro do Esporte. O jornalista que estava internado há dois meses e meio a tratamento, foi acometido de uma infecção hospitalar.

Foto: reprodução

O jovem foi internado com toxoplasmose, que afetou seu cérebro. Richard ficou 45 dias internado no Proncor e depois foi transferido ao São Julião, onde ficou por duas semanas.

De Camapuã para o mundo: conheça o jornalista de MS que virou repórter no Japão à espera das Olimpíadas

on qui, 07/11/2019 - 09:07

Mudar de país para buscar uma nova vida continua sendo uma premissa dos brasileiros que migram para outros países atrás de uma economia melhor e fonte de renda. É o caso do jornalista camapuanense Silvio Mori, que se mudou para o Japão em 2019, e viu a oportunidade trabalhar como repórter correspondente freelancer para canais brasileiros. O jornalista espera cobrir as olimpíadas que acontecerão na cidade de Tóquio em 2020.

Foto: arquivo pessoal

Em sua 4ª vez em território nipônico, o jornalista descente de japoneses já viveu na Terra do Sol Nascente quando era mais novo de 1994 até 1997

''Globo buscava aplausos de grupo de esquerda'', diz William Waack

on sex, 14/06/2019 - 15:11

O jornalista William Waack, recém-contratado para integrar o time da CNN Brasil, resolveu abrir o jogo sobre sua polêmica demissão da TV Globo. 

William Waack fala sobre demissão da Globo Foto:Reprodução/Instagram

Em entrevista para o canal de Luiz Felipe Pondé, ele aproveitou a oportunidade para desabafar sobre o que pensa em relação à emissora.

"Desde 2013, a Globo não foi capaz de entender que, enquanto ela buscava aplausos de grupos de esquerda, que são pagos com dinheiro público desviado para destruí-la, uma parcela crescente da população brasileira passava a ver a TV Globo como mais

Testemunha diz ter visto homem pular do helicóptero antes da explosão

on ter, 12/02/2019 - 13:46

A vendedora Leiliane Rafael da Silva, de 28 anos, que passava pela Anhanguera no momento da queda do helicóptero Foto: Sérgio Roxo

A vendedora Leiliane Rafael da Silva, de 28 anos, que passava pela Rodovia Anhanguera no momento da queda do helicóptero que matou o jornalista Ricardo Boechat, contou, em depoimento, ter visto um homem pular da aeronave antes da colisão com o caminhão. Com base em informações obtidas com o Instituto Médico Legal (IML) sobre a localização dos corpos, o delegado Luis Roberto Hellmester acredita a pessoa que pulou da aeronave era Boechat.

Leiliane estava na garupa