Skip directly to content

Lava Jato

TRF4 eleva pena de Lula no caso do sítio de Atibaia de 12 para 17 anos

on qua, 27/11/2019 - 20:17

Por unanimidade, o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) elevou a pena do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no caso do sítio de Atibaia. Os desembargadores João Pedro Gebran Neto, relator da Operação Lava Jato na Corte, Leandro Paulsen e Thompson Flores rejeitaram anular a sentença que condenou o petista a 12 anos e 11 meses de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro, e aumentaram a pena de Lula para 17 anos, um mês e 10 dias de prisão. A sessão foi encerrada por volta das 17h45.

Foto: Sergio Lima

Os três desembargadores rejeitaram o pedido de defesa de Lula, que visava

Fachin nega mais um habeas corpus para libertar Lula

on sex, 30/08/2019 - 01:44

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin negou nesta quinta-feira (29) mais um pedido feito pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para reconhecer a suspeição dos procuradores da Operação Lava Jato e determinar a soltura do ex-presidente.

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

No habeas corpus protocolado em 12 de agosto, a defesa de Lula alegou que supostas mensagens divulgadas pelo site The Intecept Brasil e por outros órgãos de imprensa confirmam que os procuradores atuaram ilegalmente para acusar Lula.

Segundo Fachin, a soltura foi rejeitada pela Segunda

'Se quiserem publicar tudo, publiquem. Não tem problema', afirma Moro

on sex, 14/06/2019 - 13:22
Foto: reprodução / Carta Capital
 
O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, afirmou ao jornal O Estado de S. Paulo que não vai se afastar do cargo. Alvo de ataque cibernético e de vazamento de diálogos atribuídos a ele com procuradores da Lava Jato, no Telegram, Moro disse que o País está diante de "um crime em andamento", promovido, conforme sua avaliação, por uma organização criminosa profissional. Moro afirmou que não há riscos de anulação do processo do triplex do Guarujá (SP), que levou à prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. 
 
O ex-juiz da Operação Lava

'Não tem nenhuma orientação ali naquelas mensagens', diz Moro

on seg, 10/06/2019 - 16:34

O ministro Sérgio Moro afirmou nesta segunda-feira (10) que não deu nenhuma orientação nas mensagens trocadas com integrantes da força-tarefa da Lava Jato quando era juiz da 13ª Vara Federal. Ele disse que trechos das conversas não mostram nenhuma prática ilegal e ressaltou ter sido vítima de invasão criminosa. Moro disse que não pode assegurar que os diálogos sejam verdadeiros.

Ministro da Justiça, Sérgio Moro, durante entrevista coletiva em Manaus — Foto: Bruno Kelly/Reuters

O site "Intercept" divulgou neste domingo (9) conversas no aplicativo Telegram atribuídas a Moro e a procuradores,

Especialistas veem risco de decisões de Moro serem anuladas

on seg, 10/06/2019 - 11:30

A série de mensagens divulgadas pelo site The Intercept Brasil que mostram a orientação do ex-juiz federal Sergio Moro ao procurador Deltan Dallagnol, do Ministério Público Federal, no âmbito da Lava Jato tem potencial de levar à nulidade das decisões proferidas pelo então magistrado na operação, caso se comprove o teor das conversas. Esta é a avaliação de especialistas ouvidos por VEJA.

O ex-juiz federal Sergio Moro, atual ministro da Justiça do governo Bolsonaro (Cristiano Mariz/VEJA)

Os diálogos no aplicativo Telegram foram obtidos, segundo o site, por um hacker que compartilhou o

Condenado a 9 anos e 10 meses de prisão, Bumlai cumprirá pena em casa

on qui, 30/05/2019 - 13:37

Condenado a 9 anos e 10 meses de prisão em ação resultado da Operação Lava Jato, o pecuarista José Carlos Bumlai ainda nem foi intimado da decisão do TRF4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região), mas cumprirá a pena em prisão domiciliar, segundo a advogada Daniella Meggiolaro, de São Paulo.

José Carlos Bumlai durante audiência da CPI do BNDES; acusação, neste caso, é de que ele foi 'usado' para fazer empréstimo que quitou dívida do PT com empresários de MS (Foto: Agência Brasil)

Aos 74 anos, Bumlai vive em apartamento na capital paulista, onde trata um câncer na bexiga.

Juiz determina bloqueio de até R$ 128 milhões de Aécio Neves

on qua, 29/05/2019 - 01:12

O juiz da 6ª Vara Federal Criminal de São Paulo, João Batista Gonçalves, determinou o bloqueio de até R$ 128 milhões do deputado federal Aécio Neves, no âmbito de investigações em torno de supostas propinas do Grupo J&F. De acordo com a decisão, este seria o valor das vantagens indevidas que o tucano teria recebido para si e em nome de outros investigados.

Foto: Isto É

"Além disso, são apresentados nos autos elementos de informação para demonstrar que práticas de lavagem de capitais estariam em curso desde as primeiras tratativas para recebimento dos valores de origem suspeita.

Maioria no STJ reduz pena e Lula pode pedir semiaberto em setembro

on ter, 23/04/2019 - 16:47

Ex-presidente Lula - AFP PHOTO / NELSON ALMEIDA

O ministro Felix Fischer, relator da Lava Jato do Superior Tribunal de Justiça (STJ), votou nesta terça-feira (23) para manter a condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no caso do triplex do Guarujá, mas sugeriu reduzir a pena de 12 anos e um mês para 8 anos, 10 meses e 20 dias. Os outros ministros da Quinta Turma ainda precisam votar sobre o tema.

A Turma do tribunal iniciou na tarde desta terça a análise de um recurso apresentado pela defesa do ex-presidente.

Fischer atendeu parcialmente o recurso.

Organização de Temer movimentou R$ 1,8 bilhão em propina, diz MPF

on qui, 21/03/2019 - 13:31

Momento da prisão de Michel Temer - Foto: reprodução / G1

São Paulo — O Ministério Público Federal do Rio de Janeiro informou, em nota divulgada à imprensa, que os valores desviados pela organização do ex-presidente Michel Temer, preso nesta quinta-feira (21), em São Paulo, são da ordem de 1,8 bilhão de reais.

O órgão cita crimes envolvendo variados órgãos públicos e empresas estatais: “As investigações apontam que a organização criminosa praticou diversos crimes envolvendo variados órgãos públicos e empresas estatais, tendo sido prometido, pago ou desviado para o grupo mais de R$ 1 bilhão e

Lula é condenado a 12 anos em ação da Lava Jato sobre sítio de Atibaia

on qua, 06/02/2019 - 16:18

Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

 

O ex-presidente Luiz Inácio da Silva foi condenado a 12 anos e 11 meses por corrupção e lavagem de dinheiro nesta quarta-feira (6), no processo da Lava Jato que apura se ele recebeu propina por meio da reforma de um sítio em Atibaia (SP).
 
A sentença da juíza substituta Gabriela Hardt, da primeira instância, é a segunda que condena Lula na Operação Lava Jato no Paraná. Cabe recurso. Outras doze pessoas foram denunciadas no processo.
 
O ex-presidente está preso em Curitiba desde abril de 2018, cumprindo a pena de 12 anos e 1 mês determinada pelo

Páginas